Contactos

Bueno & Oliveira Consultoria de Imóvel

  • Pessoa de contato: Leandro Guedes Leconsult
  • Telefone: +55 (11) 6778-89-04
  • +55 (11) 8965-06-39
  • MSN: leandro.consorcio@live.com
  • Endereço postal: Rua Barão de Itapetininga, 125, São Paulo, São Paulo, 01042000, Brasil

Renovações do site

Abac

Abac

28/03/12

O consórcio de veículos automotores em geral ficou praticamente estável no primeiro bimestre deste ano. De acordo com dados da Abac (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio) divulgados nesta quinta-feira (29), foram comercializadas 349,9 mil novas cotas, contra 351,9 mil em igual período de 2011, uma diferença de -0,6%.

As contemplações, por sua vez, tiveram aumento de 14,8%, passando de 158,7 mil para 182,2 mil na mesma base comparativa.

Já o número de participantes cresceu 14% na comparação entre fevereiro de 2011 e 2012, de 3,57 milhões para 4,07 milhões.

Leves
O consórcio de veículos leves (automóveis, camionetas e utilitários) registrou retração de 4,2% no primeiro bimestre do ano. De acordo com os dados da Abac, foram vendidas 123 mil novas cotas no período, frente às 128,4 mil cotas comercializadas entre janeiro e fevereiro de 2011.

Ainda de acordo com a entidade, o número de contemplações, por outro lado, subiu 31,3%, passando de 43,8 mil para 57,5 mil no mesmo período deste ano.

Quanto ao número de participantes ativos, o segmento também registrou alta, de 29,4%, totalizando 1,63 milhão de consorciados nos dois primeiros meses do ano. No período, o tíquete médio retraiu 1,2%, ao passar de R$ 39,5 mil para R$ 39 mil.

Motos
Durante o primeiro bimestre, as novas cotas de consórcio de motos cresceram 1,9%, se comparadas a igual período de 2011. O tíquete médio de cada cota também cresceu, 8,3%, ficando na faixa de R$ 10,4 mil.

O número de cotas contempladas subiu 8,1%, na comparação entre os dois primeiros meses deste ano e do ano passado, de 110,5 mil para 119,5 mil.

Já o número de participantes aumentou 5,1%, chegando a 2,25 milhões no período.

Pesados
Nos consórcios de veículos pesados, o volume de cotas comercializadas diminuiu 15,9% no primeiro bimestre, ao passar de 6,3 mil para 5,3 mil em um ano.

No que diz respeito ao número de contemplações, houve crescimento de 18,2%, de 4,4 mil para 5,2 mil, na mesma base de comparação.

Já o número de participantes cresceu 11,1%, se comparado ao segundo mês de 2011, atingindo 191 mil.

Fonte: Abac

Artigos anteriores
Precisão Consultoria
Precisão Consultoria

14/02/12

Vale a pena comprar imóvel por meio de consórcio?
Turista Malemolente
Turista Malemolente

30/01/12

Financiamento ou consorcio qual é mais vantajoso?
Turista Malemolente
Turista Malemolente

09/01/12

Vale a pena fazer consorcio de imóvel?